Chiclete com Banana : A voz do Bloco Camaleão!

Bloco Camaleão e Chiclete com Banana são quase que a mesma “pessoa”. São a síntese de uma união perfeita! O bloco, que já tem mais de 30 anos, foi assumido pelo Chiclete com Banana em 1989!

A banda, formada por Bell Marques (vocal, guitarra, violão e compositor), Wadinho Marques (teclado), Valdemar (bateria), Waltinho Cruz (percussão), Deny (percussão) e Lelo (contrabaixo) originou-se de um grupo chamado Scorpius, que se apresentava em festas de formatura e era considerado um autêntico conjunto de bailes. Desse grupo já faziam parte Bell e Wadinho, que mais tarde vieram a se unir com os demais integrantes.

Em 1980, abraçando a idéia de Bell de tocarem em um trio elétrico, foram contratados pelo Bloco Traz os Montes para tocarem no Carnaval daquele ano. No ano seguinte, o engenheiro de som Wilson Silva (irmão de Bell e Wadinho) sugeriu e pôs em prática uma idéia revolucionária de fechar toda a lateral do Trio com caixas de som e usar equipamentos de potência transistorizada, passando todos os músicos a tocarem na parte superior do trio, causando assim, na época, grande diferença dentre os demais, já que nesses a percussão localizava-se nas laterais inferiores e somente os músicos de corda permaneciam na parte superior. Esta foi a maior revolução do trio elétrico na década de 80.

Em 1982 a banda foi convidada para gravar um disco. Surgiu então a vontade de mudar o nome da banda que estava ultrapassado. Nildão, cartunista e artista gráfico foi o responsável pelo nome, que na época, criou muita polêmica. O nome “Chiclete com Banana” deu-se pela grande mistura de ritmos que a banda fazia com suas músicas. Com o nome da banda definido, o 1º LP foi gravado em 1982 com o nome “Traz os Montes”. Depois disto, vieram os álbuns “Estação das Cores” (1983) e “Energia” (1984).

No ano de 1986 com o lançamento do disco “Gritos de Guerra”, a banda vendeu quase um milhào de cópias, marcando assim o início do enorme fenômeno chamado Chiclete com Banana. Falar de Chiclete é falar de paz, harmonia, alegria. É falar de carnaval de Salvador, é falar de 26 carnavais fora de época que a banda toca, é falar dos quase 13 milhões de discos vendidos, sendo depois da banda Legião Urbana a que mais vendeu discos no Brasil, com cerca de 150 apresentações por ano. A banda possui também o trio elétrico mais moderno e caro do planeta: batizado de Tiranossauro Rex, o projeto custou cerca de 3 milhões de reais.

Depois de “Gritos de Guerra” veio o disco “Fé brasileira”, que chegou a 450 mil cópias vendidas, que é a média de discos da banda vendidos por ano, ou seja, 4 Discos de ouro e 1 de Platina.

Desde 1982 o Chiclete com Banana faz experiências com todo estilo de música, do rock ao forró. Buscavam, com isso, injetar na nossa música um jeito peculiar e especial de ser. Essa grande salada de ritmos, leva até hoje o grupo às paradas de sucesso em todo o país, transformando em hit, nas rádios de todo o Brasil, sete a oito músicas por disco, façanha rara entre artistas nacionais.

A trajetória da Banda ainda inclui as passagens em blocos de Carnaval. Começaram com o “Traz os Montes”, um bloco da garotada da Barra. Depois ficaram por 2 anos no “Traz a Massa”, que era um bloco mais popular, o que nunca incomodou a banda, pois suas músicas sempre atingiram tanto o público mais popular quanto o das classes mais altas. O Chiclete com Banana sempre contou com o apoio de um público fiel, constituído da mais variadas faixas etárias e que lotam clubes, ginásios, campos de futebol, casas de espetáculos e diversos outros locais em que o grupo se apresenta.

Receberam então o convite do bloco Os Internacionais, onde tocaram por 4 anos. A banda lembra com muito carinho deste tempo de convívio com o bloco. Como o Chiclete já tinha o seu próprio trio, resolveu desvincular-se de blocos de Carnaval e tocar para o povão na rua, com ou sem patrocínio, pois já tinham uma estrutura montada e até sua própria produtora, a Mazana. Neste meio tempo apareceu a proposta tentadora do Bloco Camaleão. Era a oportunidade de tocar para um público diferente. Firmaram então contrato com o Bloco Camaleão, sendo hoje o bloco mais caro pra desfilar no Carnaval de Salvador, onde estão até hoje.

Durante sua trajetória vitoriosa, o Chiclete com Banana teve algumas formações diferentes entre seus músicos. Bell Marques, Wadinho, Valmar Paim, Waltinho, Deni e Lelo formam atualmente o grupo de maior sucesso de Axé no Brasil.

No dia 01 de novembro de 2008, a banda gravou o segundo DVD em sua história na cidade de Salvador. O evento aconteceu no Parque de Exposições da capital baiana. A festa reuniu aproximadamente 50 mil chicleteiros.

Confira a discografia da Banda que é o coração do Bloco Camaleão clicando no link abaixo : http://www.pegadadochiclete.com/novo/discografia.htm

Anúncios
Publicado em Não categorizado | 1 Comentário

Nova música do Chiclete!

Para os amantes do Bloco Camaleão, segue vídeo da nova música do Chiclete com Banana : Oh Minha Preta!

A letra :

Oh Minha Preta! (Chiclete com Banana)

Oh minha preta! Se tenho você do meu lado eu me sinto bem.
Estava perdido no mundo procurando alguém.
Esquece todo o meu passado, me abraça e vem.
De longe, muito longe, eu trouxe você pra mim, só pra ver você sorrir e viver um novo lance.
Entre flores e jasmins, não deixe fugir esse amor, deixe não, deixe não..

Oh minha preta…

Publicado em Não categorizado | Deixe um comentário

Camaleão Fest Rio : Vendas abertas

Publicado em Não categorizado | Deixe um comentário

Carnaval combina com…Cerveja!!

Boa Noite, amigos do Blog. Venho hoje falar brevemente de um tema que os amantes do Carnaval certamente curtem e muito : Cerveja!

Cerveja

As marcas de cervejaria gastam milhões anualmente em propagandas , principalmente no Verão e nas proximidades do Carnaval e em Salvador, obviamente, não é diferente. Marcas famosas como Skol, Nova Schin, Brahma e outras, patrocinam anualmente os principais Blocos e Camarotes do Carnaval, estampando sua logomarca nos mais variados locais do circuito carnavalesco.

O consumo de cerveja dentro dos blocos é intenso. Sem dúvida, é a bebida preferida dos foliões para amenizar o calor e dar aquela animada extra no astral!

E você ? Qual sua marca de cerveja preferida ? Para os mais refinados e apreciadores de uma boa cerveja, segue um dica de blog : Blog da Therezópolis! Fala sobre a Cerveja Therezopolis que sem dúvida é uma das de melhor paladar e textura! Ideal para saborearmos em momentos especiais!

Publicado em Não categorizado | Deixe um comentário

Ensaio Geral do Camaleão 2011

Foi dada a largada para a mais tradicional festa do carnaval baiano: o Ensaio Geral do Bloco Camaleão.  Dia 26 de fevereiro, na Praia do Forte*! Numa referência ao importante trabalho de proteção da vida marinha, executado pelo Projeto Tamar,  a “patinha” do bloco Camaleão ganhou um toque ecológico: na versão 2011, traz a textura de uma tartaruga.

* Conheça a Praia do Forte. Dicas de hospedagem, gastronomia e transporte dessa paradisíaca Praia da Bahia ( http://www.praiadoforte.org.br/ )

Ensaio Geral

Ensaio Geral Camaleão 2011

Data: 26 de fevereiro de 2011 (sábado)
Local: Espaço Praia do Forte/ BA
Horário: a partir das 15h

Atrações
Chiclete com Banana
Timbalada
Banda 5%

Preços de Lançamento até 31 de agosto de 2010
Pista Meia: R$ 80,00
Pista Inteira: R$ 160,00

Camarote: R$ 160,00

Forma de Pagamento
Espécie, MasterCard em até 4x sem juros ou demais cartões em até 2x.

Consulte opções de Hospedagem + Ingresso pelo e-mail turismo@centraldocarnaval.com.br.

Classificação
16 anos 

Venda de ingressos : http://vendas.centraldocarnaval.com.br/produto.asp?tipo_prod=25&limitacao=3

Corra pois o 1 lote estará a venda só até 31/08!

No próximo Post, dicas de hospedagem , gastronomia e utilidades para o Carnaval de Salvador 2011!

E para finalizar, vamos nos deleitar com algumas belas imagens de Praia do Forte:

Publicado em Não categorizado | 1 Comentário

Bloco Camaleão – Abadás!

O Bloco Camaleão é conhecido por seus abadás sempre originais e criativos. Confira abaixo os modelos utilizados em 2010 no Bloco Camaleão

Veja aqui algumas dicas de como customizar seus abadás para Carnaval de Salvador. ( Fonte : www.meuabada.com.br )

 Todo mundo quer ser único e estar vestido com algo que seja a sua cara. Os abadás costumam ser grandes e desajeitados e nada melhor que usar a customização para adaptá-lo ao seu estilo e estar diferente para curtir as micaretas e o carnaval de Salvador

O abada (camisa estampada e com símbolo de segurança do bloco) é a fantasia que possibilita a identificação dos assocoados do bloco. Cada associado recebe 1 abadá para cada dia, sendo este diferenciado pela estampa ou cor e tendo dia de usö especificado.

Muitos significados  carregam essa camiseta que garante acesso aos bloco e camarotes do Carnaval de Salvador. Ela veste não só pessoas, mas desejos e emoções. Assim é o abada, passaporte para um mundo de alegria e prazer. 

Veja o passo-a-passo como para customizar o abadá.

“Customize seu abadá para micaretas e para carnaval de Salvador. Faça lindos modelos de camisetas de camarotes dos shows. Importante: Alguns abadás, como o do carnaval em Salvador, não podem ser cortados marcas de patrocinadores e nem o nome do bloco, por isso veja até que ponto poderá mudar o seu abadá conversando antes com o bloco.

Corte as mangas e as golas para deixar a camiseta ou abadá mais fresquinha;

Depois ajuste o comprimento da camiseta ou abadá. Se quiser mostrar a barriguinha, corte cerca de 20 centímetros;

Corte cerca de 50 centímetros de 3 ou mais fitas coloridas. Você pode usar duas fitas de cetim normais de cores diferentes, e uma fita com lantejoula a metro;

Com as 3 fitas juntas, dê um nó em uma das partes de cima da manga;

O resto das fitas ficam livres para serem enroladas ao redor do tecido. Depois faça um segundo nó para prender o restante das fitas;

Com cola colorida, de preferência com glitter, cubra os desenhos existentes na camiseta ou abadá. Se a camiseta for lisa, use imaginação para criar desenhos

“As camisas podem ser refeitas de acordo com o gosto desejado. De modelo “tomara-que-caia” ou “alça única”, podem ainda ser decoradas com paetês, miçangas, broches ou argolas.

Uma das sugestões é amarrar fitas de cetim coloridas na alça do abadá. Outra opção é adicionar lacinhos à camisa. Para isso, basta fazer dois furos, bem pequenos, na parte de trás da camisa,e em seguida transpassar as fitas. Por fim, basta amarrar o laço.

Outra dica é fazer vários cortes, na horizontal, na parte da frente e usá-lo com outra camisa por baixo. Desta forma, os cortes irão deixar à mostra a camisa que está por baixo. Ele ficará bem diferente.

Com a ajuda de uma costureira, é possível ter um abadá com modelo “frente única”. O detalhe está em amarrar um nó em cada uma das alças, ou ainda, em forma de “x” na frente.

Com os paetês, contorne a marca do evento. Use cores diferentes para cada estampa do abadá, assim, além de brilhante, ele ficará no clima do Carnaval.”

Cuidados com seu abadá.

Como o abadá é o que dá acesso ao bloco, ele é rigorosamente inspecionado pela equipe de segurança, para evitar a entrada de não sócios. Tenha cuidado ao cortá-lo para fazer outro modelo.

Deve ser mantido o símbolo de segurança do bloco (a marca destacada), conforme é informado na entrega de fantasia e em folhetos constantes no kit. As pessoas que estiverem com o abadá dividido, sem o símbolo de segurança ou adulterado não poderão permanecer no bloco, respeite também as marcas dos patrocinadores que geralmente estão na parte de trás dos abadás. Veja dois vídeos de como customizar seu abadá  para o Carnaval de Salvador

Publicado em Não categorizado | 1 Comentário

Bloco Camaleão 2011 – Faltam 194 dias!

Um video para a galera ir aquecendo pro Bloco Camaleão de 2011. Chiclete canta um dos hinos do Carnaval de Salvador!

Publicado em Não categorizado | Deixe um comentário